Tucano pretende disputar o campeonato intermunicipal 2021

O Intermunicipal é o ponto de partida para muitos atletas

Seleção Tucanense 2019

O maior campeonato de futebol amador do país está de volta. Após ficar de fora de calendário em 2020, devido à pandemia da Covid-19, o Intermunicipal volta a ser disputado neste ano.

No inicio do mês a prefeitura nomeou o ex-jogador profissional Dijair Santana Santos, como coordenador de esporte do município. Com passagem em várias equipes do país, Dijar disputou campeonatos, Cearense, Mineiro, Paulista e Gaúcho e também atuou na Alemanha.

Jogador Dijar concedendo entrevista

Com as inscrições abertas para a edição 2021 do intermunicipal, a seleção Tucanense de Futebol que já foi vice-campeã da competição em 95, e realizou sua última participação em 2019, sonha em voltar a disputar o certame.

“O esporte em geral vem sofrendo com o descaso de algumas gestões ao longo dos anos, nós acreditamos que o prefeito Ricardo Maia vai sim nos dar condições de resgatar o esporte local e principalmente o futebol que é uma paixão mundial. Alguns ginásios foram reformados e outros novos serão construídos. Precisamos de algumas adequações nas instalações internas no Estádio Arlindão, mas a grama está sendo bem tratada. O nosso objetivo é realizar algumas competições ainda esse ano e estamos analisando a possibilidade de entrarmos no intermunicipal”, afirmou o coordenador.

A edição 2021 da competição foi confirmada pela Federação Bahiana de Futebol (FBF). As inscrições estão abertas.  Até 10 de outubro, as Ligas poderão apresentar requerimento de inscrição, isento de taxa. Porém, para participar, é preciso cumprir alguns requisitos.

O Intermunicipal é o ponto de partida para muitos atletas. Foi por ele que grandes nomes do futebol mundial iniciaram a carreira.

Eliminada na primeira fase da competição em 2019, a seleção Tucanense foi desmontada logo em seguida. Sem a realização de  campeonatos locais por conta da pandemia, a composição de um elenco para disputar a maior competição amadora do país será sem dúvida um grande desafio.

Segundo o ex-zagueiro e último auxiliar técnico da seleção João Dantas conhecido como Netinho, é muito improvável a montagem de um elenco forte para disputar o intermunicipal com chances de avançar de fase.

“É tudo muito inserto, essa pandemia atrapalhou tudo, e nos deixou preocupados com as aglomerações, as torcidas estão voltando aos poucos aos estádios. Não sabemos como será a questão da torcida no intermunicipal, mas todo cuidado é pouco. Para montar uma seleção o ideal é realizar primeiro, campeonatos locais, e escolher os melhores para fazer parte do time e se necessário trazer jogadores de fora em posições pontuais”, disse o ex-atleta.

Ex-zagueiro da seleção Netinho a direita na imagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui